Comunidade de Airsoft da Madeira
 
InícioCalendárioFAQRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Regras quanto às armas de airsoft. Características a que devem obedecer.

Ir em baixo 
AutorMensagem
satirico
Comandante
Comandante
avatar

Mensagens : 604
Reputação : 31
Data de inscrição : 08/08/2011
Idade : 37
Localização : Santo Antonio

Situação Actual:
Federado: até 12/2014

MensagemAssunto: Regras quanto às armas de airsoft. Características a que devem obedecer.   Sab Mar 31, 2012 1:10 am

As armas de airsoft (para serem consideradas como tal) devem estar integral ou parcialmente pintadas com cor fluorescente, amarela ou encarnada, por forma a não ser susceptível de confusão – cf. art.º 2.º, n.º 1, alínea ad).
A arma tem de ser pintada de forma a não poder ser confundida com uma real.
Por isso, não basta pintar um parafuso ou o gatilho. A pintura tem de ser visível e de molde a não se com uma arma de fogo; assim, pintar aquelas peças que depois mal se vêem quando estamos a usar a arma (como o punho, gatilho, etc), não é suficiente.
Assim, também, não reúne os requisitos a arma que tenha uma parte com fita adesiva. A lei, neste aspecto é clara: a arma tem de ser pintada.
Quanto à cor, a lei também não deixa margem para dúvidas: pintadas com cor fluorescente, amarela ou encarnada.
A comissão da federação está a avançar com um processo de consulta das autoridades no sentido de ser emitido por estas parecer quanto à parte das armas ser pintada e a cor. Isto para que todas as armas sejam pintadas da mesma forma e com a mesma cor, de molde a serem mais facilmente identificadas como armas de airsoft pelas autoridades. Pinturas em partes diferente e de cores diferentes apenas vai ainda confundir mais as autoridades.
Quanto à possibilidade de se tapar ou camuflar a parte pintada da arma durante o jogo de airsoft, não há qualquer problema. A exigência de pintura da cor definida visa facilitar o seu reconhecimento pelas autoridades e população em geral.
O importante é que a arma ao ser examinada por uma autoridade, no local do jogo, tenha a marca de pintura, de molde a ser facilmente reconhecida como uma arma de airsoft e deste modo também assegurar aos restantes praticantes de airsoft que aquela é uma arma de airsoft e não outra.
Se o praticante de airsoft for interpelado por uma autoridade policial, deverá imediatamente retirar a cobertura ou camuflagem que tapa a parte pintada. Aconselha-se, ainda, a que coloque serenamente a arma no chão e dê um passo atrás.
As armas que não estiverem pintadas, não são consideradas armas de airsoft, e portanto, são proibidas e estão sujeitas a apreensão pelas autoridades, para serem examinadas no Laboratório de Polícia Científica da Polícia Judiciária, para que sejam averiguadas as suas características.
Exige a lei também que a “energia à saída da boca do cano não seja superior a 1,3 joules” – cf. art.º 2.º, n.º 1, alínea ad). Isto, na prática, significa que a velocidade máxima que as bb’s podem atingir à saída do cano é de 374 FPS (com BBs de 0,20g).
Os “snipers” ou franco-atiradores, que estavam habituados a disparar a 500 FPS, deverão reduzir a velocidade do disparo para o limite legal. É um facto que a sua missão irá ficar mais dificultada; no entanto, estes deverão puxar pela imaginação e alterar a sua forma de jogar. Cabe-lhes definir a sua estratégia, e adaptá-la às condições que o jogo revele.
O incumprimento destas regras determina a aplicação ao praticante de airsoft de uma coima (multa em sentido geral) que pode ir de € 600 a € 6000 – cf. art.º 97.º.

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.klubeairsoftmadeira.com
 
Regras quanto às armas de airsoft. Características a que devem obedecer.
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Características dos Coelheiros???
» Vacinação e colocação de chip
» Diferença entre modelos pcx 2011 e 2012
» Cartuchos dos 100 metros
» PIAGGIO FLY 125

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Comunidade de Airsoft da Madeira :: Comunicados da Administração :: Legislação-
Ir para: